A cozinha não é só mais um local de preparação da comida ou para fazer refeições rápidas: muita gente a considera o coração da casa, um local perfeito para receber familiares e amigos e exercer as artes culinárias. E, para deixar esse cômodo querido bem bonito, a Itanhangá Pisos e Revestimentos te dá uma dica e como escolher os revestimentos para cozinha perfeitos!

Como Escolher Revestimentos para Cozinha

Fonte: Lepri Cerâmicas Rústicas.

Quem deseja transformar a cozinha no destaque da casa precisa se preocupar em escolher revestimentos que suportem bem a umidade e sejam fáceis de limpar. Como o cômodo costuma ser um pouco mais úmido e tende a acumular gordura e sujeira, os revestimentos precisarão de limpeza constante. Se forem inadequados, podem acabar manchados ou estragados. Felizmente, hoje em dia, o mercado consegue atender bem essa demanda e possui muitas opções de pisos e revestimentos perfeitos para a decoração da cozinha.

Principais dicas de como escolher revestimentos para parede

A primeira decisão a ser tomada para saber como escolher os revestimentos para cozinha é definir onde cada um será utilizado, no piso ou na parede. Existem vários revestimentos que podem ser usados em ambos os locais; no entanto um revestimento de parede pode não ser apropriado para o piso. Em alguns casos, sua degradação será muito mais rápida. Já os revestimentos de piso podem ser utilizados em paredes sem problemas.

Cerâmicas, de uma forma geral, são boas opções de revestimentos para cozinha, principalmente as frias. Tanto no piso quanto nas paredes, as cerâmicas contribuem para a criação de ambientes bonitos e aconchegantes. As cerâmicas rústicas e artesanais ajudam a criar um clima mais confortável, enquanto as mais refinadas geram espaços elegantes. Para a cozinha, escolha cerâmicas com tratamento impermeável, para elas não mancharem devido ao constante contato com a água.

Revestimentos para Cozinha como Escolher

Fonte: Porto Design.

O porcelanato é um revestimento que vem se popularizando bastante, inclusive entre quem vai revestir a cozinha. Ele tem grande versatilidade, é durável e fácil de limpar. Mas é preciso estar bem atento às especificações técnicas dos produtos devido à infinidade de opções que existem. Dê preferência aqueles com tratamento antiderrapante, pois o porcelanato tende a ser bastante escorregadio, principalmente quando molhado.

Outra opção popular são as pastilhas, que podem ser de vidro ou cerâmicas. Elas sempre dão muita cor ao ambiente, proporcionando um acabamento alegre e aconchegante na cozinha. Usar pastilhas no piso e nas paredes pode ser uma boa opção para quem quer passar a impressão do cômodo ser maior, pois a repetição dá sensação de continuidade, principalmente em cores claras. No entanto, pode sair um pouco caro, pois as pastilhas são revestimentos de valor um pouco mais alto. A vantagem é que elas podem receber bastante água, sem que isso afete suas caraterísticas. Para não encarecer muito o projeto, o ideal é combinar pastilhas com outros revestimentos para cozinha.

O ladrilho hidráulico é outra opção versátil que combina bem com a cozinha. Ele possui uma infinidade de cores que contribui com a decoração da cozinha, além de ser bastante resistente e não desbotar, mesmo em numa área molhada como a cozinha. Sua manutenção é fácil e ele não costuma manchar ou acumular sujeira. Mas, para manter sua aparência bonita por mais tempo, pode ser necessário aplicar cera líquida ou em pasta periodicamente sobre o revestimento.

Dicas de como Escolher os Revestimentos da Cozinha

Fonte: Baepi.

Também é possível utilizar revestimentos de madeira na cozinha, principalmente no piso. Para isso, ele deve ser certificado e tratado para áreas úmidas, o que garante sua procedência, qualidade e durabilidade. No entanto, os pisos de madeira geralmente precisam que sua limpeza seja constante e com produtos específicos, para sua aparência se conservar por muito tempo.

Agora que você conhece as várias opções de revestimentos para cozinha, escolha uma loja que possui atendimento personalizado e com vendedores experientes e que podem ajudar sobre o assunto. Um bom instalador também será importante na finalização do seu projeto.

Comentários

comentários